Mundo

Bebê recém-nascida é enterrada viva e é encontrada por morador que sepultava a filha

Criança estava dentro de uma panela de barro a cerca de 90 cm do chão e foi levada às pressas para um hospital

Agência O Globo

Uma recém-nascida foi encontrada em uma cova rasa após ser enterrada ainda com vida na Índia. A menina foi resgatada por um morador, identificado como Hitesh Kumar, que sepultava a própria filha, morta após o nascimento. A bebê estava dentro de uma panela de barro a cerca de 90 cm do chão e foi levada às pressas para um hospital, onde segue internada tratando de uma infecção pulmonar.

Kumar disse que estava cavando uma cova onde enterraria a filha quando a pá que usava atingiu a panela de barro. O homem ouviu o choro de um bebê e ao retirar o objeto do buraco, viu a criança embrulhada em um pano.

A suspeita é de que a menina tenha passado mais de um dia no buraco. Os médicos acreditam que ela sobreviveu por ter nascido prematura. Como alguns órgãos ainda não se formaram plenamente, ela necessitava de menos oxigênio.

A polícia suspeita que o crime tenha ocorrido com o consentimento dos pais da criança e agora tenta encontrá-los.

Na Índia, são frequentes o casos de bebês do sexo feminino que são abortados ou mortos e abandonados após o nascimento. Há no país uma ideia de que filhas são fardos, principalmente em comunidades mais pobres.

Em março, um caso como esse foi registrado no Brasil. Uma recém-nascida foi enterrada ainda com vida pela própria mãe, no Ceará. Segundo a polícia, a mãe da criança escondia a gravidez da família.