Mundo

Corpo cai de avião e quase acerta homem que tomava sol em jardim

Homem que caiu viajava no trem de pouso do avião

Agência O Globo
- Atualizada em


O corpo de um homem que provavelmente viajava clandestinamente no trem de pouso de um voo da Kenyan Airways causou grande comoção no bairro de Londres onde foi descoberto.

A vítima, que viajava do Quênia para a Inglaterra, caiu no jardim de uma casa em Clapham, sudoeste de Londres, onde um homem tomava sol, afirmou um vizinho, citado pela agência britânica de notícias Press Association.

O vizinho disse que ouviu um grande barulho e correu para a janela:

"De início, pensei que fosse uma pessoa em situação de rua dormindo no jardim", afirmou o homem, que preferiu não se identificar. "Ele estava com todas as roupas. Eu olhei mais de perto e vi que havia sangue em todos os muros do jardim. Eu rapidamente entendi que ele havia caído.".

A testemunha disse que o vizinho estava em "choque":

"Ele tomava um banho de sol e (o homem) caiu a um metro dele", completou o morador.

O corpo caiu com tamanha força que provocou um buraco na grama, segundo uma fotografia publicada pelo tabloide The Sun.

De acordo com o vizinho, o corpo estava intacto, entre outros motivos, porque era como um "bloco de gelo".

Os investigadores acreditam que o homem era um "passageiros clandestino, que caiu do trem de pouso", informou a Scotland Yard.

"Uma bolsa, água e comida foram encontrados no compartimento do trem de pouso", explicou a polícia.

Nos últimos anos foram registrados vários incidentes similares nos arredores de Londres.

Em 2012, o corpo de um homem procedente de Moçambique foi encontrado em uma calçada de East Sheen (sul de Londres), depois de cair de um voo da British Airways procedente de Angola.