Mundo

Criança morre após ser obrigada pelos responsáveis a pular durante horas em cama elástica

“A investigação revelou que a criança foi punida e não teve permissão para tomar café da manhã", disse a polícia

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Nessa segunda-feira (12), um casal foi preso acusado de assassinato depois de obrigar uma menina de oito anos a pular por várias horas em um trampolim sob calor de 43 graus. O caso aconteceu no final de agosto, no Texas, nos Estados Unidos.

De acordo com a polícia local, a autópsia revelou que a menina morreu de desidratação e a sua morte foi classificada como homicídio. 

Daniel Schwarz, de 44 anos, e Ashley Schwarz, 34, tinham a tutela da menina. A ordem para pular sem parar era uma forma de munição. 

“A investigação revelou que a criança de 8 anos foi punida e não teve permissão para tomar café da manhã e foi obrigada a pular no trampolim sem parar por um longo período de tempo”, disse a polícia de Odessa em um comunicado na segunda-feira.