Mundo

'Culto sexual' liderado por idoso de 77 anos é fechado pela polícia

Esquema funcionava em formato de pirâmide e tratavam o líder como um deus

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

A Polícia de Novara, na Itália, fechou uma espécie de "culto sexual" liderado por um idoso de 77 anos, conhecido como O Doutor. A seita funcionava para satisfação sexual dos associados, segundo informações do "Il Messaggero".

O "culto" tinha mulheres e menores, e funcionava em forma de pirâmide, com estilo semelhante aos de organizações de origem celta, onde mulheres eram persuadidas a serem exploradas sexualmente. Nesta seita, as mulheres eram ameaçadas de ir para a solitária caso descumprissem as ordens do Doutor, que é considerado um deus na organização.

O Doutor ainda decidia onde as mulheres poderiam ir e onde deveriam trabalhar, pois elas deviam cortar laços com as famílias. O grupo ainda administrava duas escolas de dança, usadas como fachada.

A polícia investigava o grupo há dois anos. Não se tem notícias de prisões.