Mundo

'Dieta da batata frita' faz jovem de 17 anos ficar cego

Ele foi diagnosticado com neuropatia óptica nutricional

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Um adolescente britânico ficou cego devido a uma desnutrição aguda, que teria sido provocada pelos seus hábitos alimentares. O garoto de 17 anos comia apenas batata frita e pão branco, além de fatias de presunto ou salsicha, ocasionalmente.

De acordo com informações da BBC, os exames médicos constataram que o garoto apresentava sérias deficiências de vitaminas e danos no nervo óptico, causados pela ausência de nutrientes.

Os problemas começaram a ser identificados quando o garoto tinha 14 anos e decidiu procurar ajuda médica por se sentir cansado e indisposto. Ele foi diagnosticado com deficiência de vitamina B12 e teve a recomendação de tomar suplementos para reverter o quadro, mas não só desobedeceu como continuou com a dieta de antes.

Segundo a revista científica Annals of Internal Medicine, ele foi levado para um hospital especializado em oftalmologia três anos depois por causa de uma perda progressiva de visão.

"A dieta dele era basicamente uma porção diária de batata frita de uma lanchonete de Fish and Chips (peixe frito com batata frita, prato típico do Reino Unido). Ele também costumava lanchar batatas (ultraprocessadas) –– Pringles, às vezes pedaços de pão branco e, de vez em quando, fatias de presunto. Nada de frutas, legumes ou verduras", relatou a médica Denize Atan, que cuidou do jovem no hospital.

"Ele explicava (esse comportamento) como uma aversão a certas texturas de comida que ele não conseguia tolerar, e, portanto, as batatas fritas e chips eram realmente os únicos tipos de alimento de que ele tinha vontade e achava que podia comer", afirmou a médica, que percebeu a deficiência de vitamina B12 e outras vitaminas e minerais no adolescente ao realizar exames.



A médica explica que ele tinha os requisitos para ser considerado cego. "Ele tinha pontos cegos bem no meio da visão. Isso significa que ele não pode dirigir e tem muita dificuldade para ler, ver televisão e distinguir rostos. (...) Ele pode andar por conta própria, porque tem visão periférica".

Ele foi diagnosticado com neuropatia óptica nutricional, condição que pode ser provocada pela falta de vitamina B12. Se diagnosticada de forma tardia, o dano se torna permanente, pois as fibras nervosas do nervo óptico morrem