Mundo

Diretor de filme é investigado por agressão sexual

Atriz afirma ter sido abusada pelo diretor durante um jantar de comemoração

Agência O Globo
O diretor Abdellatif Kechiche, vencedor da Palma de Ouro pelo filme "Azul é a cor mais quente", está sendo investigado por agressão sexual. Segundo o site "Deadline", a promotoria de Paris abriu o caso após a denúncia de uma jovem atriz contra o cineasta.
O abuso teria acontecido em julho, durante um jantar de comemoração realizado em um apartamento de amigos em comum. A atriz, que não teve sua identidade revelada, prestou queixa à polícia no dia 6 de outubro, mas o ocorrido só veio à tona recentemente.
"Azul é a cor mais quente", filme que rendeu estrelato a Kechiche, conta a história de uma intensa relação entre duas jovens. As picantes cenas de sexo entre as duas gerou controvérsia, com alguns chegando a acusar o diretor de retratar a relação sexual entre mulheres de forma exageradamente erotizada.