Mundo

Em confraternização após 50 anos, idoso vítima de bullying se vinga e mata antigo amigo

Vítima foi levada a um hospital próximo, mas não resistiu aos ferimentos. O agressor está foragido.

Fernando Moreira, da Agência O Globo
- Atualizada em

Dizem que vingança é um prato que se come frio. Neste caso, gelado. Um aposentado esperou 50 anos para se vingar de um antigo amigo de escola de quem sofrera bullying.

Foto: O suspeito (à direita) assassinou o antigo colega de escola (à esquerda) Reprodução
Thanapat Anakesri, de 69 anos, matou a tiros Suthat Kosayamat, também de 69, quando eles estavam reunidos para comemorar os 50 anos de formatura no ensino médio, em Ang Thong (Tailândia), no último sábado (24/8).

Após a refeição da confraternização, regada a vinho, Thanapat confrontou Suthat e perguntou por que ele o perseguira na escola quando eles tinham 16 anos, contou reportagem do "Metro".

Suthat disse não se lembrar de ter cometido bullying, o que enfureceu ainda mais Thanapat, que puxou uma arma e exigiu que o antigo colega de classe se desculpasse. Suthat se recusou e acabou baleado.

A vítima foi levada a um hospital próximo, mas não resistiu aos ferimentos. O agressor está foragido.

"Ele nunca esqueceu aquilo. Mas nunca imaginei que ele pudesse matar um amigo", comentou Tuean Klakang, de 69 anos, presente à confraternização.