Mundo

Enfermeira é punida por hospital ao ir trabalhar de biquíni

Justificativa da funcionária foi a falta de circulação da roupa de trabalho, que é transparente

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Uma enfermeira que trabalha no hospital Tula, na Rússia, foi advertida pela direção do centro médico por usar apenas um biquíni por baixo da roupa dos agentes de saúde, que é transparente.
 

Segundo o jornal O Dia, a enfermeira disse que foi trabalhar daquela forma porque a roupa de proteção não teria circulação nenhuma, e isso estava a deixando com calor, o que interferia no desempenho dela no trabalho.

Os pacientes homens da área que a enfermeira atuava teriam dito, segundo o "O Dia", que não quiseram fazer nenhum tipo de reclamação sobre a profissional. A administração do hospital, por sua vez, disse que tomará "medidas disciplinares" em relação a funcionária, que não teve o nome divulgado.

Foto: Reprodução/Twitter