Mundo

Espécie barulhenta de camarão é batizada em homenagem a Pink Floyd

Crustáceo tem grande garra e produz som tão alto que pode matar peixes pequenos

Agência O Globo
- Atualizada em

Uma espécie recém-descoberta de camarão, que produz um som tão alto que pode matar outros peixes, foi batizado em homenagem à banda Pink Floyd.

O crustáceo, encontrado na costa pacífica do Panamá, recebeu o nome científico de Synalpheus pinkfloydi e foi descrita no jornal "Zootaxa". Coautor da pesquisa, Sammy De Grave, do Museu de História Natural da Universidade de Oxford (Reino Unido), afirmou que esta foi "a oportunidade perfeita para dar um aceno à minha banda preferida".

O camarão "Pink Floyd" tem grandes garras rosas que, quando são fechadas, permitem uma rápida locomoção e a criação de uma bolha. O resultado é um som tão alto que pode matar ou desorientar um peixe pequeno. O Pink Floyd também já foi homenageado no batizado de uma espécie de inseto.