Mundo

Estudante forçada a cavar neve fica com 'dedos de banana'

Tarefa teria sido determinada por professor

Fernando Moreira, da Agência O Globo

Uma estudante de colégio de ensino médio em Taipingzhuang (província de Heilongjiang, China) ficou com "dedos parecendo bananas" após ter passado quatro horas cavando neve, sem luvas, na escola. A tarefa foi determinada por um professor aos alunos da turma da adolescente. A região, cuja temperatura média neste período é 10 graus negativos, vinha enfrentando uma série de nevascas.

"Aconteceu porque estávamos cavando neve. Começamos a cavar assim que chegamos à escola", disse a chinesa.

"Doeu no começo, mas parou de doer quando os meus dedos ficaram dormentes. Disse ao professor que os meus dedos estavam dormentes e perguntei quando poderíamos entrar. O professor disse que ainda havia muita neve", acrescentou.

De acordo com o "Daily Star", Lu Yanyan, de 13 anos, corre o risco de amputação de dedos se não se recuperar em até duas semanas. Ela perdeu a sensibilidade neles.

Foto: Reprodução/Heilongjiang TV

A direção da escola confirmou que os alunos estavam cavando neve, mas esclareceu que a decisão de não usar luvas foi da adolescente. Os custos médicos, entretanto, serão pagos pelo colégio.
Foto: Reprodução/Heilongjiang TV