Mundo

EUA usarão remédio para ebola no combate ao coronavírus

País já tem mais de um milhão de infectados com o novo coronavírus

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em


Na última sexta-feira (1º), o Presidente Donald Trump anunciou que os Estados Unidos irão utilizar o medicamento Remdesivir no tratamento de pacientes com o coronavírus. Ele também foi usado para tratar o Ebola e já vinha sendo testado para combater a covid-19.

A Food and Drug Administration (FDA), agência reguladora de medicamentos norte-americana, autorizou o uso emergencial do medicamento. Por isso, ele não será comercializado para tratamentos em casa. Uma pesquisa feita pelo Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos EUA analisou que os pacientes tratados com a droga apresentaram uma melhora 31% mais rápida do que aqueles que receberam um placebo.

[saiba_mais]]