Mundo

'Foi como bater em uma parede', diz homem que bateu em tubarão para salvar esposa

Casal surfista foi surpreendido pelo ataque do animal enquanto praticavam esporte

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Um casal que foi surfar em Port Macquarie, em Sydney (Austrália) teve uma surpresa grande e bem desagradável. Um tubarão-branco atacou e mordeu a mulher durante uma onda. O marido não hesitou e partiu para cima do animal para salvar a amada.

A prancha de Chantelle Doyle foi jogada no mar e uma das pernas dela foi abocanhada pelo predador. Ao ver a cena, Mark Rapley foi para cima do animal e deu diversos socos nele. "Agi por instinto. Você vê a mãe do seu filho, a sua companheira, tudo o que você, e reage", disse ao Channel 9. "Sabia que ela estava em apuros. Eu tentei dar socos de cima para baixo nele. É como esmurrar uma parede de tijolos, (a pele do tubarão) é muito dura", relembrou.

O surfista australiano teve sucesso após acertar o tubarão oito vezes, quando ele finalmente largou a perna de Chantelle. Ela foi atendida ainda na areia e levada para um hospital. Segundo o colunista Fernando Moreira, o quadro da vítima é estável.