Mundo

Garçonetes são presas por trabalhar só de avental e calcinha

De acordo com as profissionais, a vestimenta fez o bar lotar

Agência O Globo
- Atualizada em

Quatro garçonetes foram presas por atentado ao pudor ao ser flagradas trabalhando apenas de avental e calcinha em um bar em Bangcoc (Tailândia) na última quarta-feira (20/11). O dono do estabelecimento foi multado no equivalente a R$ 270. O mesmo valor deverá ser pago por cada garçonete, de acordo com o "Daily Star".

Foto: Reprodução

As funcionárias, com idades entre 24 e 34 anos, estavam usando adesivos para proteger os mamilos. Um vídeo feito por um cliente viralizou, provocou reações negativas e levou autoridades locais a tomarem uma atitude.

Foto: Reprodução

De acordo com as garçonetes, a vestimenta fez o bar lotar. O consumo de bebida alcoólica também disparou. Elas ganhavam cerca de R$370 por noite para servir os clientes naqueles trajes.

"Elas admitiram o mau comportamento e aceitaram as multas", disse Alongkorn Sirisongkram, coronel da polícia local. O dono do bar se comprometeu a contratar novas garçonetes que se vistam de "forma apropriada".