Mundo

Garoto leva 90 pontos no rosto ao salvar irmã de ataque de cachorro

Bridger, de apenas seis anos, ganhou mensagens do "Hulk" e do "Capitão América" pelo ato

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O pequeno Bridger Walker é um grande fã de super-heróis, mas foi ele quem teve um ato de heroísmo - e na vida real. O garoto de apenas seis anos salvou a vida da irmã mais nova ao se colocar na frente dela durante o ataque de um cachorro, que aconteceu no dia 9 de julho em Cheyenne, nos Estados Unidos. As informações são do G1.

Ele conseguiu puxar a irmã pela mão e se livrar do cachorro ao sofrer várias mordidas no rosto. Ao todo, Bridger precisou levar 90 pontos, mas se recupera bem. Segundo o G1, a tia do garoto, Nicole, contou que ele tomou a atitude porque “se alguém tivesse que morrer, achei que deveria ser eu”.

Foto: Reprodução/Instagram/Lisa Walker

O caso foi relatado por Nicole no Instagram, para que o ato heroico chegasse aos atores da saga "Vingadores", de quem o garoto é muito fã. E deu certo. Mark Ruffalo (Hulk) e Chris Evans corresponderam e elogiaram o pequeno herói.

Caro Bridger, Acabei de ler sobre o que aconteceu com você e queria dizer isso ... As pessoas que colocam o bem-estar dos outros à frente de si mesmas são as pessoas mais heroicas e atenciosas que conheço. Eu realmente respeito e admiro sua coragem e seu coração. A verdadeira coragem não está em dominar as pessoas ou lutar contra elas ou andar por aí como um cara durão. A verdadeira coragem é saber o que é certo fazer e fazê-lo, mesmo que isso possa acabar machucando você de alguma forma. Você é mais homem do que muitos, muitos que vi ou conheci. Com Admiração...Mark Ruffalo (Bruce Banner/Hulk/Professor)”, escreveu Ruffalo.

Já o Capitão América Chris Evans enviou um vídeo para Bridger e também elogiou a atitude, além de prometer um presente. "Eu vou achar seu endereço e te mandar um escudo autêntico do Capitão América porque você merece. Continue sendo o homem que você é, nós precisamos de pessoas como você. Aguenta aí. Eu sei que a recuperação pode ser difícil, mas baseado no que eu vi, acho que não tem muito o que possa te parar", disse o intérprete do Capitão.