Mundo

Garoto sofre queimadura de segundo grau após carregador explodir; veja foto

"Meu braço queimou um pouco e o cheiro era muito estranho", relembrou o adolescente

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Um adolescente de 15 anos, identificado como Colton Pingree, teve queimaduras de segundo grau após um carregador portátil explodir. O caso aconteceu no dia 18 de agosto, em Tuolumne, na Califórnia. As informações são do jornal britânico DailyMail. 

Colton adormeceu carregando sua bateria e acordou quando a explosão o jogou no chão de seu quarto. Segundo o jornal, ele conseguiu apagar as chamas usando as "próprias mãos" e jogou o dispositivo no vaso sanitário. 

O adolescente foi socorrido pelo pai, Andrew Pingree. Ele ficou com queimaduras de segundo grau nas costas e no braço esquerdo, que deixaram sua pele com grandes bolhas e tecido exposto. Após quinze dias, Colton já apresentava melhora. 

Foto: Kennedy News and Media

"Eu estava carregando meu pacote de recarga para que pudesse levá-lo para a escola no dia seguinte - ele estava deitado na minha cama bem ao lado de um dos meus travesseiros e fui rolado de costas nele. Por volta das 2h30 eu acordei deitado no chão muito confuso - eu senti uma dor muito forte nas minhas costas, meu braço queimou um pouco e o cheiro era muito estranho", relembrou o adolescente.