Mundo

Gerente é presa por promover e participar de concurso de 'Kama Sutra' em boate

Ao ser presa, Lizette declarou não saber que estava infringindo a lei

Fernando Moreira, da Agência O Globo
- Atualizada em

A gerente de uma boate em Norcross (Geórgia, EUA) foi presa por promover na Chiquititas Lounge um concurso como o tema "Kama Sutra" (o clássico livro de origem indiana sobre posições sexuais e comportamento sexual humano). No evento, realizado no Valentine’s Day (Dia dos Namorados nos EUA, celebrado em 14 de fevereiro), casais eram convidados a exibirem performance sexual criativa na pista de dança. De acordo com reportagem da WSB-TV, a própria gerente Lizette Loechle participou do concurso.

Foto: Divulgação/Gwinnett County Sheriff's Office

A premiação do casal mais ousado e performático foi de US$ 500 (cerca de R$ 2.200). Para maior comodidade dos participantes, a boate disponibilizou uma confortável cama de casal no meio da pista de dança.

Ao ser presa por atividade sexual em público, Lizette declarou não saber que estava infringindo a lei.

Mike Kelly, gerente geral da casa, disse ter sido surpreendido pela iniciativa de Lizette, que, segundo ele, "tinha controle total do estabelecimento". No Facebook, a direção do Chiquititas Lounge disse não aprovar o concurso e que vai punir todos os funcionários envolvidos nele.

Lizette foi solta após pagar fiança de R$ 3.500.