Mundo

Homem atira em bebê de 10 meses após mãe da criança rejeitá-lo em festa

No total, o homem tem pelo menos nove anotações criminais contra ele

Agência, O Globo

Marcos Antonio Echartea, de 23 anos, foi preso no último domingo sob suspeita de ter atirado contra um bebê de apenas 10 meses, a mãe dela e um amigo, após a mulher não aceitar ter um relacionamento amoroso com ele. O caso ocorreu em Fresno, na Califórnia, Estados Unidos.

Deziree Menagh, de 18 anos, foi a uma festa de aniversário com a filha, Fayth, e Echartea também estava no evento. A mulher relatou a polícia que o homem, que ela conhecia há apenas um semana, tentou por diversas vezes se aproximar dela e chegou a agarrá-la pelo braço no local.

A jovem negou qualquer possibilidade de aproximação, mas pouco tempo depois o homem mais uma vez a puxou pelo braço em outro espaço da festa, e tentou obrigá-la a sentar no colo dele. Mais uma vez, ela se afastou e decidiu ir embora.

Um amigo se ofereceu para levá-la em casa com a filha, mas eles não foram muito longe. Echartea surpreendeu o casal no carro com uma arma e atirou pelo menos três vezes contra o veículo.

Foto: Reprodução

Um dos disparos atingiu a pequena Fayth na cabeça, que foi levada para um hospital da cidade e segue internada desde então. O estado da criança é crítico. Segundo a polícia, o atirador foi preso na festa, para onde voltou logo após a tentativa de homicídio.

Echartea também é investigado por ter atirado contra a casa onde vive o atual companheiro de uma ex-namorada. Uma criança de apenas 1 ano também estava na residência, mas felizmente não foi atingida. No total, o homem tem pelo menos nove anotações criminais contra ele.