Mundo

Homem atira no rosto do amigo e alega que confundiu com um pássaro

"Um olho está perdido, mas há a chance de salvar o segundo, embora não seja 100 por cento", relatou a mãe da vítima

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Um homem de 25 anos, identificado como Valery Sosedova, está "lutando" para não perder a visão após um amigo o confundir com um pato. O caso aconteceu em Kovrov, na Rússia. De acordo com o jornal britânico DailyMail, Valery foi atingido por uma bala de pássaro. 

Em entrevista à imprensa, a mãe da vítima, Marina Sosedova, contou que abriu um processo criminal. “Ficamos chocados ao ver que seu amigo confundiu a cabeça em uma bandana camuflada com um pássaro". 

"Um olho está perdido, mas há a chance de salvar o segundo, embora não seja 100 por cento. Seu rosto, cabeça e pescoço foram gravemente atingidos pelo tiro de chumbo, mas os cirurgiões estão trabalhando primeiro para salvar um olho", contou Marina  Sosedova. 

Ainda segundo o jornal, o atirador tem visão deficiente e estava caçando sem óculos.