Mundo

Homem de 64 anos enfrenta onça-parda para salvar seu cachorro de ataque

Munido apenas de uma faca, ele esfaqueou o felino com cerca de 100 quilos e dois metros de comprimento

Agência O Globo
- Atualizada em

Após 12 horas perdido e ferido numa área de mata na Patagônia, na Argentina, um idoso de 64 anos foi resgatado pela polícia da província de Río Negro e bombeiros voluntários da cidade de Valcheta. Vicente Navarrete havia enfrentado uma onça-parda que atacava seu cachorro, Pico. Munido apenas de uma faca, ele esfaqueou o felino com cerca de 100 quilos e dois metros de comprimento.

Foto: Reprodução

Segundo a imprensa local, Vicente andava a cavalo junto com sua mulher por volta das 15h do último dia 18, nas proximidades do município de Nahuel Niyeu. O casal pretendia procurar suas vacas, que estavam pastando a cerca de 11 quilômetros da fazenda. O cachorro deles, porém, farejou algo e ficou agitado.

"O cachorro começou a pular, ele estava nervoso e eu o segui", contou o idoso ao "Clarín".

Em seguida, ele relatou ter se deparado com uma onça-parda que não tardou a atacar seu cão.



"Me aproximei porque ele não se mexia e eu me joguei lá. Eu não tive medo em nenhum momento. Quando fui pego pela onça-parda e me lancei, a única coisa que pensei foi: sou eu ou ele, sou eu ou ele", afirmou.

Amigos do idoso e bombeiros voluntários começaram as buscas e localizaram Vicente com a ajuda dos latidos de Pico, que conduziram a equipe até o local onde eles estavam.