Mundo

Homem desenvolve capa de smartphone que imita pele humana

Acessório pode servir de mousepad também

Fernando Moreira, da Agência O Globo
- Atualizada em

O designer de interação Marc Teyssier, da Telecom Paris, apresentou uma das capas mais bizarras para smartphones. O produto imita a pele humana, e é incrivelmente realista na textura e na elasticidade.

Foto: Divulgação/Marc Teyssier

"Queria beliscar o meu telefone", disse Teyssier à "New Scientist".

A capa, que cobre a parte traseira do smartphone, tem uma curiosa interface. Ao seu plugada a um laptop, a cama "humana" também funciona como um mousepad. ou um controle remoto para todos os comandos de toque, como tocar para selecionar, deslizar para rolar ou "beliscar" para aumentar e diminuir o zoom.
Foto: Divulgação/Marc Teyssier

O que provavelmente seja o mais incomum nessa capa de smartphone é o fato de ela também funcionar quando tocada na parte de trás. Isso significa que uma variedade de movimentos diferentes dos dedos pode provocar certas emoções, como, por exemplo, afagar, que supostamente simula conforto.

Teyssier vai apresentar dois protótipos nesta semana num simpósio de software de interface em Nova Orleans (EUA).



O francês já fez sucesso com outra engenhoca bizarra. Ele desenvolveu uma espécie de dedo robótico que funciona conectado à porta USB do celular. Batizado de MobiLimb, o acessório é equipado com motores e sensores que permitem que ele se mova e interaja com os usuários. Assim, ele pode servir de apoio para seu aparelho, atuar como lanterna, fazer carinhos na sua mão e desenhar. O dedo mecânico ainda é revestido com uma pele com alto grau de realismo.

Foto: Divulgação/Marc Teyssier

Foto: Divulgação/Marc Teyssier