Mundo

Homem é preso por colocar sêmen na água de uma colega de trabalho após levar fora

A mulher chegou a fazer uma queixa formal no RH dos assédios, o que fez ele começar a contaminar seus pertences com sêmen

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Um homem de 30 anos, identificado como Stevens Millancastro, foi preso após colocar sêmen em garrada d'água, pote de mel e no teclado do computador de uma colega de trabalho, porque ela rejeitou o convite para um encontro. O caso aconteceu em Orange County, na Califórnia (EUA). 

De acordo com o jornal Mirror, o chefe dos dois falou no tribunal que a vítima havia denunciado o comportamento do colega antes do ocorrido, porque "ele a encarava repetidamente". A mulher chegou a fazer uma queixa formal no RH dos assédios, o que fez ele começar a contaminar seus pertences com sêmen. 

Ainda segundo o jornal, a mulher contou que notou que água parecida turva em várias ocasiões. Com uma investigação, o sêmen foi identificado na água e no mel, que ela consumia, e no teclado. 

No tribunal, a vítima contou que as ações do colega a fizeram se sentir "muito, muito desconfortável" e "enojada". A defesa Millancastro argumentou que ele cometeu os crimes porque temia que a reclamação no RH lhe custasse uma promoção ou o seu emprego. 

A juíza do Tribunal Superior Kathleen Roberts descreveu o ato de  Millancastro como "extremamente sexualmente agressiva". Ele foi condenado a dois anos e meio de prisão. 

]