Mundo

Homem é suspeito de se casar com idosa, de 81, para escapar do serviço militar

Vizinhos afirmaram a jornalistas que Alexander nunca foi visto na casa de Zinaida

Fernando Moreira, da Agência O Globo

Um homem de 24 anos está sendo investigado após se casar com uma prima, de 81. Autoridades ucranianas acreditam que o casamento saiu para que Alexander Kondratyuk escapasse do serviço militar.

A esposa de Alexander é deficiente, o que faz com que ele consiga escapar do serviço militar, de acordo com a lei ucraniana. Alexander nega. Ele garante ter despertado uma "forte afeição" pela prima, a viúva Zinaida Illarionovna, 57 anos mais velha.

Foto: reprodução
Procurada pela imprensa local, Zinaida garantiu que o primo é um "bom marido", que cuida muito bem dela.

Porém vizinhos afirmaram a jornalistas que Alexander nunca foi visto na casa de Zinaida.

"É muito mais provável que ela seja visitada por sobrinhos , netos e irmãs do que pelo tal marido", disse uma vizinha.

Aleksandr Danilyuk, que comanda o recrutamento na região de Vinnitsa, confirmou que Aelxander foi dispensado do serviço militar após apresentar certidão de casamento.



O Exército ainda pode chamar vizinhos de Zinaida para prestar depoimento.

O serviço militar obrigatório foi aprovado em 2014 na Ucrânia, diante das crescentes tensões com a Rússia.