Mundo

Homem invade casa e pede para vítima escolher entre estupro, incesto ou morte

Em caso de condenação, Joshua Henderson pode pegar até 25 anos de prisão por invasão e estupro

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Um homem foi preso após se passar por trabalhador da construção civil, invadir casa e ameaçar a dona da residência. O caso acontece na última semana, em Nova York, nos Estados Unidos. De acordo com informações da ABC 7, Joshua Henderson, de 33 anos, deu à mulher três opções:  sofrer um estupro, ter uma relação sexual com o próprio filho ou ser morta.

Segundo informações do ABC 7, Joshua falou para vítima que estava realizando um trabalho no telhado e que ela precisava fechar as cortinas. A polícia contou ao ABC 7 que ele  subiu pela janela do quarto da mulher e, quando ela entrou no cômodo, disse-lhe para deixar o celular cair.

Foto: reprodução
Joshua Henderson disse para mulher que estava armado e amarrou ela e o filho. Ele levou joias, dinheiro e outros itens da residência. "Eu posso sufocá-lo e matá-lo com este travesseiro, você pode fazer sexo comigo ou vou forçá-lo a fazer sexo com seu filho", conforme a polícia, essa foi a frase usada por Joshua.

Ainda de acordo com o ABC 7, Joshua Henderson estava em liberdade condicional depois de passar 12 anos na prisão por roubo.

O chefe de detetives da polícia, Dermot Shea, contou ao portal ABC 7 que esse caso traz um problema maior. "Este caso destaca um colapso fundamental ... como você tem um indivíduo em liberdade condicional por roubo e pouco tempo depois, dentro de um mês ou dois, é pego com o produto de um roubo e ele não é violado?".

Em caso de condenação, Joshua Henderson pode pegar até 25 anos de prisão por invasão e estupro.