Mundo

Homem mata esposa e desmembrar o corpo por causa de batatas fritas

Thomas McCann foi condenado à prisão perpétua

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Um homem, identificado como Thomas McCann, confessou ter matado a esposa, Yvonne McCann, depois que ela acidentalmente descongelou algumas batatas fritas congeladas. O crime aconteceu em maio do ano passado, em Manchester, na Inglaterra. Ele foi condenado à prisão perpétua nesta terça (30), Manchester Crown Court. As informações são do jornal Mirror. 

Ele contou para polícia que os dois tiveram um desentendimento por causa do alimento e que ele a estrangulou. Depois, desmembrou o corpo, colocou os pedaços em sacos de lixo e jogou no 

Reddish Vale Park. 

Após o crime, Thomas chegou a usar o telefone da vítima para mandar mensagens para familiares e amigos sugerindo que ela estava viva. A situação foi descoberta após um dos filhos do casal encontrar o telefone e os anéis da mãe no bolso da jaqueta de Thomas. 

A polícia foi acionada por causa do desaparecimento da vítima e em investigação partes do corpo foram encontradas no parque. 

"Yvonne McCann era amada por tantas pessoas. Muitas dessas pessoas também se importam muito com você e estão arrasadas com o que aconteceu.Não foi apenas a morte dela, mas a maneira como ela morreu em suas mãos causou tanta dor a tantas pessoas", disse o juiz de condenação Alan Conrad QC. 

Thomas e Yvonne foram namorados de infância e estavam casados há 24 anos e tiveram três filhos.

Segundo informações do promotor de justiça, os vizinhos ouviram o casal discutindo por volta das 9h por alguns minutos. "Ela (a vizinha) mandou uma mensagem para Yvonne perguntando se ela estava bem e Yvonne respondeu dizendo que era por causa de um saco de batatas fritas congeladas", disse o promotor Andrew Smith.