Mundo

Homem morre após comer um saco e meio de doce; entenda

Ele comeu o doce todos os dias durante uma semana

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Um trabalhador da construção civil de 54 anos, que não teve o nome divulgado, morreu após comer muito alcaçuz (um tipo de doce preto). A situação aconteceu em  Massachusetts, na Inglaterra. De acordo com o jornal britânico DailyMail, o homem comeu o doce todos os dias durante uma semana e isso fez seu coração parar. 

De acordo com a Food and Drug Administration (FDA), que é uma agência federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, comer apenas 60 gramas de alcaçuz por dia durante semanas pode causar um problema de ritmo cardíaco, principalmente em pessoas com mais de 40 anos. 

"Mesmo uma pequena quantidade de alcaçuz que você ingere pode aumentar um pouco sua pressão arterial", explicou o Dr. Neel Butala, cardiologista do Hospital Geral de Massachusetts que descreveu o caso no New England Journal of Medicine.

O alcaçuz tem ácido glicirrízico em sua composição. Essa substância química pode deixar o nível de potássio baixo e desequilibrar outros minerais. 

Ainda segundo o jornal, o homem desmaiou enquanto almoçava em um restaurante fast-food. A equipe de emergência o reanimou com RCP, mas ele morreu no dia seguinte. 

Os médicos descobriram que ele tinha níveis perigosamente baixos de potássio, o que causava ritmo cardíaco e outros problemas.  

Jeff Beckman, um porta-voz da Hershey Company, que fabrica os populares Twizzlers alcaçuz twists,  em contato com o DailyMail disse "todos os nossos produtos são seguros para comer e formulados em total conformidade com os regulamentos da FDA". 

A declaração de Beckman acrescentou que todos os alimentos, incluindo doces, "devem ser apreciados com moderação".