Mundo

Homem morre e vizinhos só percebem oito anos depois; entenda

O carro de Heinz H. ficou estacionado em frente ao edifício desde 2011

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Após oito anos, um homem de 59 anos, que trabalhava como padeiro, foi encontrado morto dentro do apartamento em que morava. De acordo com o 'O Dia', a morte só foi descoberta porque o prédio precisou ser evacuado após um incêndio que atingiu o último andar do edifício. O caso aconteceu em Senden, na Alemanha.

Os bombeiros precisaram arrombar a porta do apartamento. Ao entrar, eles encontraram o cadáver de Heinz H. ao lado do corpo de um cachorro, que provavelmente morreu de fome.


Fachada do prédio onde Heinz foi achado - Foto: reprodução

Ainda segundo o 'O Dia', os vizinhos de Heinz contaram que perceberam a caixa de correspondências cheia e até um cheiro estranho saindo pela porta. Eles não desconfiaram de morte porque o pagamento do aluguel do apartamento, que era feito em débito automático, sempre era quitado.

O carro do homem ficou estacionado em frente ao edifício desde 2011, período em que Heinz foi visto pela última vez.

Conforme o 'O Dia', uma vizinha deu entrevista e chegou a contar que Heinz H. não tinha contado com a família e nem trabalhava mais após desenvolver uma alergia.