Mundo

Homem se mata por falta de sexo e esposa vai presa

Muli Parmar, 55 anos, disse que a falta de sexo deixou seu filho em "estresse mental"

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Um homem indiano se matou por falta de sexo e a esposa, Geeta Parmar, vai presa sob suspeita de 'cumplicidade para o suicídio'. De acordo com o jornal britânico Daily Mail, Muli Parmar, 55 anos, disse que Geeta e o marido não tiveram relações sexuais durante os 22 meses de casados e que a falta de sexo deixou seu filho em "estresse mental". 

"Uma vez eu entrei no quarto de meu filho e descobri que ele e minha nora estavam dormindo em camas diferentes", alegou Muli em seu primeiro depoimento para polícia. 

"Quando perguntei ao meu filho sobre isso, ele me disse que eles não tinham relações físicas porque Geeta tinha feito um voto de que não dormiria com o marido". 

O caso está sendo investigado pela polícia de Shaherkotda em Ahmedabad, Gujarat.