Mundo

Investigadores acham 3.787 ossos em casa de açougueiro que seria serial killer e canibal

Número chocante de fragmentos de ossos encontrados sob o piso da casa do homem, identificado apenas como Andrés, indica que os corpos das vítimas foram cortados em pedaços minúsculos

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Investigadores encontraram recentemente 3.787 ossos humanos sob a casa de um açougueiro, que seria um assassino em série e canibal, nos arredores da Cidade do México.

O número chocante de fragmentos de ossos encontrados sob o piso da casa do homem, identificado apenas como Andrés, indica que os corpos das vítimas foram cortados em pedaços minúsculos. As informações são do jornal 'Sun'. 

Andrés, um açougueiro aposentado de 72 anos, teria comido parte das diversas vítimas. Ele disse em um tribunal que arrancou a pele do rosto de uma delas porque a achava "muito bonita".

De acordo com os promotores do Estado do México, as descobertas em relação aos crimes cometidos pelo idoso podem não terminar nesse número de ossos, já que o trabalho de escavação, iniciado em meados de maio, ainda não terminou.