Mundo

Macacos roubam amostras de sangue com coronavírus após atacar profissional de saúde

Autoridades locais afirmaram que não têm certeza se os animais deixaram as amostras caírem

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Um grupo de macacos roubou amostras de sangue de pacientes com coronavírus após atacar um profissional de saúde. O caso aconteceu na Índia. As informações são da agência Reuters.

De acordo com a agência, um técnico de laboratório passava pelo campus de uma faculdade na cidade de Meerut quando os animais avançaram contra ele. "Os macacos pegaram e fugiram com as amostras de sangue de quatro pacientes com covid-19 que estão em tratamento. Tivemos que colher suas amostras de sangue novamente", disse o reitor da universidade, SK Garg, à Reuters.

Ainda segundo a Reuters, as autoridades locais afirmaram que não têm certeza se os macacos deixaram as amostras de sangue caírem, o que tem deixado a população da região com medo de que o vírus se espalhe ainda mais. 

SK Garg também afirmou, em entrevista à Reuters, que "não tem se encontrado indícios de que macacos podem contrair a infecção".