Mundo

Menino de 6 anos é atirado do décimo andar de atração turística; adolescente é suspeito

Testemunhas ouviram a mãe gritando "onde está meu filho, onde está meu filho?"

Agência O Globo
Um menino de seis anos que foi atirado de uma plataforma de observação do décimo andar da galeria de arte Tate Modern, localizada no centro de Londres, está hospitalizado em estado crítico, mas estável, informou a polícia nesta segunda-feira.
Segundo relatos, o menino foi jogado da plataforma na tarde de domingo e foi encontrado em um telhado do quinto andar, disse a polícia.
Ele foi levado a um hospital de helicóptero. Testemunhas ouviram a mãe gritando "onde está meu filho, onde está meu filho?".
A polícia disse que o menino ferido continua em estado crítico, mas estável.
"Agentes continuam a trabalhar duro para estabelecer as circunstâncias do incidente de ontem", disse a polícia em um comunicado. "O estado do menino de seis anos continua o mesmo, e policiais estão apoiando a família".
Tate Modern / Foto: Reprodução
Um jovem de 17 anos foi preso devido à suspeita de tentativa de homicídio e continua sob custódia, comunicou a polícia. O suspeito continuou entre o público na plataforma de observação após a queda do menino.
"Não há nada que indique que ele é conhecido da vítima", disse a polícia.
A Tate Modern, situada em uma antiga estação de energia próxima do Rio Tâmisa, foi a atração mais popular do Reino Unido em 2018, quando teve quase 6 milhões de visitas, segundo a Associação das Principais Atrações Turísticas.