Mundo

Mulher atacada pelo marido fica com facão de 28cm cravado nas costas por uma semana

Exame mostrou que o objeto cortante havia atingido o fígado, a principal artéria do coração e um dos pulmões

Agência O Globo
Quando o marido voltou para casa, em Addis Abeba (Etiópia), após bebedeira, Kume Bayisa reclamou que ele estava bebendo muito. Revoltado por ser repreendido, o etíope pegou um facão e golpeou a mulher nas costas.
Fotos: Reprodução
O golpe foi tão violento que o cabo do facão se soltou, contou reportagem do "Daily Mirror". Ferida, Kume foi procurar um hospital, reclamando de fortes dores e tossindo bastante. Como não tinha ideia de que a lâmina do facão estava dentro dela, a clínica não fez um exame de raio-X.
Só uma semana depois, quando o quadro se agravou, Kume procurou um hospital para nova avaliação. Desta vez, o raio-X registrou a presença da lâmina, de 28 centímetros, nas costas da paciente. O exame mostrou que o objeto cortante havia atingido o fígado, a principal artéria do coração e um dos pulmões antes de parar no pâncreas.
A etíope foi submetida a uma cirurgia de emergência. "Foi um caso fenomenal, um momento incrível na minha carreira", disse o cirurgião Luis Arrazola, que atendeu Kume.
O médico percorreu três hospitais da capital etíope para recolher instrumentos e profissionais adequados para a delicada cirurgia. A operação, ocorrida em março, foi um sucesso. Kume voltou para casa, a fim de cuidar do bebê de 6 meses. O marido foi preso.