Mundo

Mulher cola próprias partes íntimas para incriminar ex

Após a farsa ser descoberta pela polícia, ela foi condenada

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)


Uma mulher de 36 anos utilizou uma supercola para tentar colar a própria vagina para acusar o ex-namorado de sequestro e abandono na cidade de León, Espanha. De acordo com o jornal 'The Sun', ela foi condenada nesta quinta-feira (3) por um tribunal local.

Ainda segundo o jornal, Ivan Rico ficou preso por dias até a farsa ser descoberta pela polícia. Câmeras de segurança mostraram Vanessa Gesto comprando a supercola e facas em uma loja de conveniência.



A mulher foi condenada a 11 anos e oito meses de prisão, e também deve pagar 25 mil euros de indenização ao ex.