Mundo

Mulher de 61 anos dá à luz a própria neta em ‘barriga solidária’ para filho gay

Americana concordou em gestar o bebê para o filho dela, que é casado

Agência O Globo

Uma mulher de 61 anos do Nebraska (EUA) deu a luz a própria neta. Ela concordou em fazer a ‘barriga solidária’ - quando uma mulher gera o filho de um casal voluntariamente - para seu filho e o marido dele. Mathew Eledge e Elliot Dougherty, o casal de pais, contaram para a família que pretendiam ter filhos e perguntaram à futura avó, Cecile Eledge, se ela concordaria em gestar a criança.

Foto: Reprodução | Instagram

- Não houve momento de hesitação. Foi um instinto natural. Disse ‘Se quiserem que eu seja a gestante, farei isso na hora’ - contou Cecile à KETV-News, um canal televisivo local.

Depois de muitos exames, médicos da Universidade de Nebraska afirmaram que o procedimento poderia ser feito, mas alertaram que como Cecile 61 anos havia as chances de complicações ao longo da gestação e o parto provavelmente seria por cesariana. Mas a gestação correu tranquilamente. Mãe de dois, Cecile só relatou se sentir mais enjoada que nas vezes anteriores. O parto, realizado na semana passada, foi normal e foi registrado pela fotógrafa Ariel Panowicz, que publicou muitas das imagens em sua conta de Instagram. A menina, Uma Louise, nasceu prematura, com cerca de 2,5 Kg.

- Quando você é um homem gay casado e quer ter filhos, você abraça o fato de que vai ter que criar uma família de forma especial. Existem formas criativas e únicas de construir uma família. - Disse Mathew - Nós somos gratos porque todo o processo correu bem. Estamos muito felizes que Uma e sua avó estão aqui, felizes e saudáveis. Toda a equipe, dos médicos aos enfermeiros, passando pelos técnicos de laboratório demonstraram um equilíbrio muito bonito entre profissionalismo e compaixão. Agora nós vamos apenas relaxar e curtir esse momento.

“A pequena Uma Louise chegou a este mundo e, vou contar, ela é simplesmente perfeita”, escreveu a fotógrafa em uma das legendas. “Gestada e dada à luz por sua avó de 61 anos, criada por dois pais e uma tia amorosa, Uma está cercada por uma quantidade imensa de amor. Fazer parte disso foi incrível. Cecile, você é uma guerreira”, lê-se em outra legenda.

Foto: Reprodução | Instagram