Mundo

Mulher descobre que fortes dores de cabeça eram causadas por larvas de tênia

A presença das larvas no cérebro da jovem foram descobertas através de uma ressonância magnética e de uma cirurgia

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Após sentir dores de cabeça por mais de uma semana, mulher de 25 anos, que não teve o nome divulgado, descobriu que tinha larvas de tênia em seu cérebro. O médicos do Hospital Royal de Melbourne responsáveis por tratar a paciente publicaram um estudo sobre o caso foi no fim de setembro no The American Journal of Tropical Medicine and Hygiene, em 21 de setembro. 

De acordo com a CNN, a mulher, que nunca viajou para o exterior, é o primeiro caso nativo da doença na Austrália, segundo o estudo. Além das dores, ela teve embaçamento da visão central. 

Os médicos fizeram uma ressonância magnética do cérebro dela e identificaram um cisto, que durante a cirurgia de retirada descobriu-se que eram várias larvas de tênia. 

Foto: Foto: The American Journal of Tropical Medicine and Hygiene

Ainda segundo a CNN, o caso da mulher trata-se de uma neurocisticercose, que causa sintomas neurológicos quando os cistos larvais se desenvolvem no cérebro. A infecção parasitária é contraída, normalmente, quando as pessoas consomem carne de porco mal cozida ou entram em contato com alimentos, água e solo contaminados com ovos da tênia.