Mundo

Mulher é achada morta com cobra enrolada no pescoço em casa com 140 serpentes

Uma pessoa que passava pelo local viu Laura caída no chão com a píton enrolada no seu pescoço

Agência O Globo
Uma mulher, de 36 anos, foi encontrada morta com uma cobra enrolada no pescoço em casa em Battle Ground (Indiana, EUA) com 140 serpentes, na noite de quarta-feira (30/10). De acordo com a polícia local, Laura Hurst foi morta por uma píton de 2,5 metros de comprimento.
Foto: Reprodução
A casa é mantida por Don Munson, xerife do condado de Benton (Indiana), especificamente para abrigar cobras. Laura tinha 20 serpentes vivendo na residência e constantemente ia visitá-las.
O xerife mora na casa ao lado. Uma pessoa que passava pelo local viu Laura caída no chão com a píton enrolada no seu pescoço. Munson classificou a morte como "um trágico acidente", de acordo com reportagem do "Journal Courier". A americana tinha dois filhos.