Mundo

Mulher é condenada por matar o marido usando colírio na água dele

Ela assumiu o crime e disse que o fez porque era abusada por ele

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Uma mulher foi condenada a 25 anos de prisão ao admitir que matou o marido colocando gotas de colírio na água dele. Lana Sue Clayton, de 53 anos, afirmou ter colocado o remédio na água de Steven Clayton, de 64 anos, entre 19 e 21 de julho de 2018, segundo a rede americana WBTV. O caso aconteceu na Carolina do Sul (EUA).

Ao se declarar culpada, Lana afirmou que cometeu o crime porque era abusada pelo marido. "Por impulso, coloquei Visine na bebida de Stephen e o fiz com a intenção de que ele ficasse doente e desconfortável. Fiquei chateada com os abusos que eu sofria e só queria que me deixasse em paz", declarou Clayton no tribunal, segundo um vídeo da WBTV.

Foto: York County Sheriff's Office

O caso só veio à tona após uma necropsia, que identificou altos níveis de tetra-hidrozolina, substância presente em colírios. Antes, se acreditava que Steven tinha morrido de causas naturais.

Os promotores do caso relataram que ela atirou com um arco e flecha medieval no marido em 2016, segundo a WSOC-TV. Eles ainda afirmam que o assassinato foi por dinheiro e, após o crime, ela jogou o telefone em um lago para que ele não tivesse como pedir ajuda, além de queimar o testamento do companheiro.