Mundo

Mulher é espancada três dias após parto cesárea por pedir ajuda ao companheiro

Ao sair da prisão, suspeito enviou várias mensagens com ameaças para mãe do seu filho

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Uma mulher de 21 anos, identificada como Britney Sharples, foi espancada três dias após 

parto parto cesárea. O suspeito da agressão é o pai do bebê Stephen England. O caso aconteceu no ano passado, na Inglaterra. De acordo com as investigações, a agressão aconteceu após a vítima pedir ajuda ao companheiro com o bebê. As informações são do jornal Mirror

O suspeito foi preso pelas agressões, mas acabou sendo solto após pagamento de fiança. Ao sair da prisão, ele enviou várias mensagens com ameaças para mãe do seu filho. "Vou arruinar sua vidinha perfeita - se você arranjar um novo namorado, vou matá-lo", dizia um dos textos. 

No tribunal de Tameside, na Inglaterra, Stephen England admitiu responsabilidade pelas acusações de agressão, assédio e danos criminais. Ele foi condenado a uma pena de prisão de três meses suspensa por dois anos e condenada a concluir o programa de reabilitação "Construindo Melhores Relacionamentos" para parceiros abusivos.

Além disso, ele foi proibido de entrar em contato com a Srta. Sharples sob os termos de uma ordem de restrição.