Mundo

Mulher encontra corpo e rouba cartão para comprar hambúrguer e raspadinha

Ao ser presa, Terrilee contou para a polícia que Jane Godfrey lhe devia dinheiro

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Uma mulher de 32 anos, identificada como Terrilee Yates, foi condenada após gastar muito em cartão de crédito de conhecida morta. Ela terá que cumprir uma ordem comunitária de 18 meses e 180 horas de trabalho não remunerado. O caso aconteceu em Manchester, no Reino Unido. 

Em 2019, Terrilee e o namorando encontraram Jane Godfrey, que era parceira do pai dela, morta em casa. Enquanto os paramédicos prestavam socorro, ela pegou o cartão de crédito da morta. Ela usou para comprar raspadinhas, refeições em fast food e fez saques em dinheiro. 

Ao ser presa, Terrilee contou para a polícia que Jane Godfrey lhe devia dinheiro e que lhe deu permissão de usar o cartão antes de morrer. Ela confessou as quatro acusações fraude. 

A mulher já havia sido condenada na justiça antes por roubo, furto em loja e porte de maconha. Além da condenação, Terrilee terá que passar por um programa de tratamento de reabilitação de drogas de 12 meses.