Mundo

Mulher que vivia com 320 ratos em van é denunciada por vizinhos

De acordo com o capitão Dane Cook, responsável pela operação, o caso não está sendo tratado como crueldade,

Agência O Globo

Começou com um par e terminou com 320. Foi assim que uma mulher que vivia com cerca de 320 ratos em um carro precisou entregar seus animais de estimação a agentes da prefeitura de San Diego, Califórnia, na última quinta-feira.

Uma parte dos animais vivia em gaiolas, mas outros tinham liberdade para andar pelas engrenagens do veículo e até mesmo circular pela vizinhança. Eles começaram a incomodar os moradores e comerciantes da região, que reclamaram com a prefeitura. 140 dos animais estão com a San Diego Humanity Society, que os colocou para adoção.

Foto: Reprodução San Diego Humane Society
Foi feita uma vaquinha online para conseguir ajudar a mulher, identificada como Carla, quantia com a qual ela alugou a van em que vivia.

De acordo com o capitão Dane Cook, responsável pela operação, o caso não está sendo tratado como crueldade, visto que a dona dava água e mantinha os animais alimentados. Carla pediu desculpas por a situação ter saído de controle.

Os ratos são animais que se multiplicam rapidamente. Uma fêmea saudável costuma dar à luz a uma ninhada que vai de 10 a 12 bebês, com uma gravidez que costuma durar por volta de 4 semanas. A maior parte dos ratos encontrados ou era muito jovem ou estava em período de gestação.
Foto: Reprodução GoFundMe
A página em que foi feita a vaquinha se pronunciou sobre o caso. "Ela é uma pessoa incrível que teve uma onda de azar e, se ela perder o emprego, será devastador", consta no site da www.gofundme.com.

Até a tarde desta sexta, haviam sido coletados US$5.068, superando a meta de US$5.000. O intuito da arrecadação é ajudar Carla a procurar auxilio psicológico.