Mundo

Mulheres são condenadas após tentarem matar homem que não pagou sexo a três

De acordo com Michelle, Ralph havia lhe prometido pagar 800 euros (cerca de R$ 3.600)

Fernando Moreira, da Agência O Globo

Duas mulheres foram condenadas a quatro anos de prisão cada por cinco tentativas de homicídio, desde novembro do ano passado, do homem que elas dividiam amorosamente.

Henriette R., de 30 anos, e Michelle F., de 21, ouviram a sentença proferida por juiz no tribunal de Frankfurt an der Oder (Alemanha). Ralph Lehmann, de 36 anos, sobreviveu aos planos elaborados pela dupla. O alemão foi envenenado duas vezes, teve um carro jogado contra ele, foi atingido na cabeça por um macaco de carro e quase foi esfaqueado.

Henriette R. (à esquerda), de 30 anos, e Michelle F., de 21 (Foto: Reprodução)
Uma terceira mulher, Josephine S., de 19 anos, também foi condenada por ajudar Henriette e Michelle em planos para matar Ralph. Em gravação, Josephine chegou a dizer que arrancaria o pênis da vítima. Ela ficará sob regime de condicional por 1 ano e meio, contou o "Daily Mail".
Ralph Lehmann (Foto: reprodução)
O motivo por trás das tentativas de assassinato era vingança. De acordo com Michelle F., Ralph havia lhe prometido pagar 800 euros (cerca de R$ 3.600) para fazer sexo a três com ele e Michelle. Mas o alemão acabou não desembolsando a quantia após a experiência sexual.

A história enfureceu as duas, que se juntaram para pôr fim à vida de Ralph.