Mundo

Novo surto de ebola é declarado na República Democrática do Congo, diz OMS

De acordo com o G1, os casos estão acontecendo em Mbandaka, na província de Équateur

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Nesta segunda-feira (1°), a Organização Mundial de Saúde (OMS) informou que há um novo surto de ebola na República Democrática (RDC). O governo já registrou seis casos da doença já foram detectados, que incluem quatro mortes. As informações são do G1. 

De acordo com o G1, os casos estão acontecendo em Mbandaka, na província de Équateur, no oeste da RDC. O país também está enfrentando a pandemia de Covid-19 e um surto de sarampo. 

"Isso é um lembrete de que a Covid-19 não é a única ameaça de saúde que as pessoas enfrentam", declarou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus. "Apesar de muito da nossa atenção estar na pandemia, a OMS continua a monitorar e responder a muitas outras emergências de saúde".

"Está acontecendo em um momento desafiador, mas a OMS trabalhou nos últimos dois anos com as autoridades de saúde, o CDC da África e outros parceiros para fortalecer a capacidade nacional de responder a surtos", disse a médica Matshidiso Moeti, diretora regional da OMS para a África.

“Para reforçar a liderança local, a OMS planeja enviar uma equipe para apoiar o aumento da resposta. Dada a proximidade deste novo surto a rotas de transporte movimentadas e países vizinhos vulneráveis, devemos agir rapidamente", completou Moeti.

Segundo a OMS, é esperado que a RDC tenha surtos de ebola, dada a existência do vírus em animais em muitas partes do país.

Entre 2013 e 2016, uma epidemia de ebola no oeste africano (principalmente na Guiné, Libéria e Serra Leoa) matou 11,3 mil pessoas.