Mundo

Padre declara estar apaixonado durante a missa: 'quero viver esse amor'

Riccardo Ceccobelli, de 41 anos, foi suspenso do serviço

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O padre Riccardo Ceccobelli, sacerdote da diocese de Todi, no centro da Itália, anunciou durante uma missa que se apaixonou e que iria largar a batina para viver o amor. A história chegou ao conhecimento da imprensa local nesta terça-feira (13). As informações são da Agência France-Presse (AF).

"Meu coração se apaixonou. Nunca tive a possibilidade de trair as promessas que fiz, mas quero tentar viver esse amor", disse o padre Riccardo a seu superior, o bispo Gualtiero Sigismondi, segundo um comunicado da diocese. 

Padre Riccardo e o bispo Sigismondi (Foto: Reprodução Instagram)

Riccardo Ceccobelli, de 41 anos, foi suspenso do serviço e iniciou os trâmites para voltar ao estado laico. 

Ele contou que foi uma decisão difícil, pois ama e respeita a igreja. "Não consigo ser coerente, transparente e correto como tenho sido até agora", reconheceu.

"Agradeço a dom Riccardo por todo serviço prestado até agora. E, em primeiro lugar, envio-lhe meus mais sinceros votos para que esta decisão, tomada em plena liberdade como ele mesmo me disse, garanta-lhe paz e serenidade", declarou o bispo Sigismondi.

De acordo o jornal "Il Corriere della Sera", antes mesmo dele contar tudo durante a missa dominical, "todo mundo sabia" do seu envolvimento com uma mulher em sua cidade, perto de Perugia.