Mundo

Padre que abusava de menina de 10 anos é preso após vítima gravar as agressões

A criança gravou com o próprio celular a violência sofrida e entregou os áudios aos pais

Agência O Globo
- Atualizada em

Um padre da província de Caserta, na Itália, foi preso acusado de abusar sexualmente de uma menina de 10 anos em reuniões feitas em sua paróquia. A criança gravou com o próprio celular a violência sofrida e entregou os áudios aos pais. A menina já havia falado sobre os episódios para a família e alguns paroquianos, mas ninguém acreditou na história.

Ao site Corriere Del Mezzogiorno, um dos promotores do caso informou que Don Michele Mottola era considerado um amigo da família da menina e aproveitava a confiança dada à ele pelos pais da criança, para cometer o crime.

Com as imagens feitas pela vítima, a denúncia foi feita contra Don Michele, e em maio deste ano ele foi afastado das funções. Na manhã desta sexta-feira, o pároco foi preso

"É apenas um jogo", disse o padre a menina

"Me deixe em paz, você não precisa me tocar", diz a vítima em uma das gravações feitas por ela no celular. E o padre responde: "É apenas um jogo, não fazemos nada de errado". Esses áudios, entregues à polícia pelos pais da criança, foram fundamentais para reunir outros testemunhos de novas vítimas.