Mundo

Pai joga bebê de 11 meses no rio porque ele estaria 'se transformando no diabo'

Homem sofre de esquizofrenia paranoica

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Um homem de 23 anos foi condenado por jogar o próprio filho, um bebê de 11 meses, em um rio na Grande Manchester, Inglaterra. Zak Bennett-Eko disse que jogou Zakari Bennett-Eko na água porque ele "estava se transformando em diabo". As informações são da BBC.

A criança morreu afogada na ocasião. O crime aconteceu em setembro de 2019, e o homem, que sofre de esquizofrenia paranoica, foi condenado por homicídio culposo sob alegação de responsabilidade diminuída, justamente pela condição psicológica.

O homem teria saído para passear com o bebê quando teve supostas alucinações e teria visto duas mulheres com "olhos de diabo". Elas teriam o induzido a afogar o filho. Segundo a BBC, Zak foi diagnosticado com psicose relacionada ao uso de cannabis quando tinha 17 anos.