Mundo

Privada de ouro de US$5 milhões é roubada de palácio no Reino Unido

Os ladrões, com pelo menos dois veículos, invadiram o palácio e removeram a privada

Agência O Globo
Ladrões roubaram um vaso sanitário funcional de 18 quilates de ouro do Palácio de Blenheim, onde havia sido instalada como uma exibição de arte, disse a polícia, neste sábado.
A privada, avaliada em mais de 5 milhões de dólares, era parte de uma exibição do trabalho do artista conceitual italiano Maurizio Cattelan, que havia sido aberta dois dias atrás na imponente casa a 96 quilômetros a oeste de Londres, uma importante atração turística.
O vaso sanitário, batizado de “América”, foi exibido anteriormente em um cubículo no museu Guggenheim de Nova York, onde mais de 100 mil visitantes puderam utilizá-la.
Foto: Reprodução
Os ladrões, com pelo menos dois veículos, invadiram o palácio, local de nascimento do líder da Segunda Guerra Mundial, Winston Churchill, e removeram a privada em algum momento antes das 5:00, horário local, disse a polícia de Thames Valley.
"Pelo fato da privada estar ligada ao encanamento do prédio, isso causou danos significativos e inundação", acrescentou o inspetor-detetive Jess Milne, em um comunicado ao público.
A polícia disse que havia detido um homem de 66 anos ligado ao roubo, mas que não havia recuperado a obra de arte.
A administração do Palácio de Blenheim disse que estava triste pela perda da obra de arte e que o restante da exibição será reaberto no domingo.
Ano passado, quando a privada estava no Guggenheim, o jornal Washington Post publicou que o presidente Donald Trump havia recusado uma proposta do museu para temporariamente instalá-la para o seu uso pessoal na Casa Branca.