Mundo

Professor destrói com martelo dezenas de celulares confiscados de alunos

Os pais dos alunos não reclamaram da medida disciplina

Agência O Globo
Um professor do liceu Joseph Ambourouet Avaro, em Port-Gentil (Gabão), teve a missão de destruir dezenas de celulares confiscados de alunos. Diante de vários estudantes, o professor usou um martelo para inutilizar os aparelhos, de acordo com informações do site "France 24".
O vice- diretor da escola, Daniel Esseng, afirmou que o estabelecimento de ensino do país do Oeste da África tem uma rigorosa proibição de celulares em suas dependências. Há exceções para alunos que comprovem problema de saúde grave.
Segundo Esseng, os pais dos alunos não reclamaram da medida disciplinar.
Foram destruídos celulares confiscados em um período de um ano.
Assista abaixo: