Mundo

Professora é condenada a 20 anos de prisão por sexo com aluno de 13 anos

O marido da professora chegou a implorar para que os pais do aluno escondessem o caso

Agência, O Globo

A professora Brittany Zamora foi condenada, na última sexta-feira (12/7), a 20 anos de prisão por ter feito sexo oral em um aluno de 13 anos, em sala de aula, enquanto um outro estudante, de 11, assistia à cena.

O caso, que ganhou grande atenção da imprensa americana, ocorreu no início do ano passado na Las Brisas Academy, escola de ensino médio em Goodyear (Arizona, EUA).

Foto: Reprodução

"A senhora Zamora seduziu esses meninos, ganhou a confiança deles e, então, aproveitou-se da pureza deles para satisfazer os seus desejos sexuais. Ela é uma pedófila e não é diferente de um homem", disse a mãe de uma das vítimas em nota lida no tribunal, segundo a Fox News.

"Sou uma pessoa boa que cometeu um erro. Eu me arrependo profundamente", afirmou a professora, de 28 anos, antes de ouvir a sentença. Após conhecer a decisão do juiz, Brittany chorou copiosamente no tribunal.

Segundo a acusação, três estudantes escreveram à direção denunciando que Brittany estava paquerando o aluno e que lhe dera o seu número do celular. Logo depois, de acordo com o processo, a professora começou a enviar imagens de cunho sexual ao menor.

"Não era inevitável", argumentou, segundo o "Daily Star", Michael Medina, advogado do grupo que processa a escola.

A direção da escola chegou a investigar e concluiu "apenas" que havia "elementos de favoritismo" na sala de aula.

O marido da professora chegou a implorar para que os pais do aluno de 13 anos escondessem o caso.

Foto: Reprodução