Mundo

Homem quase perde o dedo por causa de picada de aranha

"Quando cheguei, estava tremendo de febre e meu dedo do pé realmente começou a se desintegrar", relatou Adam Knight

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )
- Atualizada em

Um homem de 29 anos, identificado como Adam Knight, quase perdeu o dedo do pé após ser picado por uma aranha venenosa durante uma viagem de férias para África do Sul, no ano passado. 

De acordo com o jornal Daily Mail, em seu último dia de viagem, Adam percebeu uma bolha em um de seus dedos do pé esquerdo, mas imaginou que foi pelos frequentes momentos em que nadou usando nadadeiras. Depois, ele teve suores frios e sentiu cansaço. 

Adam Knight chegou a ir para um casamento e abafou o dedo ao usar sapatos sociais. Dias depois, ele notou que seu dedo tinha "o dobro do tamanho normal" e o tornozelo esquerdo estava inchado. Os familiares levaram o rapaz para o hospital. 

Foto: reprodução / PA Real Life

"Quando cheguei, estava tremendo de febre e meu dedo do pé realmente começou a se desintegrar. Logo ficou claro que fui picado por uma aranha venenosa", contou Adam Kninght. 

No hospital Chelsea and Westminster, em Londres, na Inglaterra, ele recebeu tratamento, os médicos drenaram o fluído acumulado e ficou no soro. Após ser colocado no soro, Adam foi informado que se seu corpo rejeitasse o tratamento e a infecção se espalhasse, eles teriam que amputar seu dedo do pé. 

"O cirurgião ortopédico ficava dando voltas, para ver como eu estava", relatou Adam. 

Dias depois, o homem teve alta com todos os dedos dos pés, mas precisou continuar o tratamento e receber uma dose de antibióticos. Com o incidente, Adam ficou com o sistema imunológico afetado e qualquer corte ou machucado ele acaba parando no hospital.