Mundo

Racismo e medo levaram Meghan Markle e príncipe Harry a se afastarem da realeza

Casal fez revelações bombásticas sobre a família real britânica à apresentadora americana, Oprah Winfrey

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Meghan Markle e o príncipe Harry fizeram revelações bombásticas sobre a família real britânica à apresentadora americana, Oprah Winfrey. A entrevista foi ao ar neste domingo (07). 

O duque e duquesa de Sussex afirmaram racismo por parte da família real, além de contarem pensamentos suicidas. 

Foto: Reprodução | Cbs Channel 

"Naqueles meses em que estava grávida (...) tivemos uma série de conversas de que 'ele [filho do casal, Archie] não teria segurança, ele não teria título' e também preocupações e conversas sobre o quão escura sua pele seria quando ele nascesse", revelou Meghan, que tem a mãe afro-americana. 

 

"Eu entendi que, não apenas eu não estava sendo protegida, mas que eles estavam dispostos a mentir para proteger outros membros da família, mas eles não estavam dispostos a dizer a verdade para proteger a mim e a meu marido. Eu simplesmente não queria mais estar viva. E esse era um pensamento constante, muito claro, real e assustador", disse ela que atualmente está grávida de uma menina. 

Na entrevista, no entanto, Meghan teceu elogios a rainha Elizabeth II. A ex-atriz afirmou que a dona da coroa "sempre foi maravilhosa e acolhedora".