Mundo

Suspeito de estupro é torturado por gangue e tem órgãos genitais arrancados por pit bull

Crime foi registrado em vídeo pelos criminosos

Agência O Globo
- Atualizada em

Um homem suspeito de estupro foi torturado por uma gangue e teve os órgãos genitais arrancados por um cachorro da raça pit bull. O caso correu na Cidade do México, no México, e foi registrado em um vídeo pelos membros do grupo criminoso, que publicaram as imagens nas redes sociais.

O vídeo é compartilhado há pelo menos um mês e mostra um homem que aparenta ser jovem, nu, imobilizado no chão, com ferimentos por todo o corpo. Com a aproximação do cachorro, ele tenta se proteger do ataque, pede aos homens a sua volta para ser solto, mas a violência continua. Outro homem inclusive coloca um pano na boca dele para abafar os fritos.

As autoridades locais ainda não se pronunciaram sobre o caso e não há confirmação do que teria motivado o crime.